Sonhos de Maribell

Um lugar onde a imaginação é o limite.

Indicação da Semana por Carol Andrade

Hi, ladies!

“Minha culpa, minha culpa, minha máxima culpa!”

Desculpe o sumiço e os atrasos na postagem, mas estou passando por uma série de problemas familiares que tem me tomado completamente o tempo e como vocês já sabem, quando a gente está com a cabeça assim fica difícil manter a concentração, que dirá ir na lan. Mas, eu estava com a consciencia tão culpada por deixar vocês na mão, que hoje larguei tudo e corri para vir aqui.

Então se preparem, por que hj vai ser uma dose massiva de postagem, para conseguir colocar tudo em dia, por esse motivo não reparem os comentários menores.

Bjks,

Maribell

Livro:

Sussurro – Becca Fitzpatrick

“Entrar em um relacionamento não estava nos planos de Nora Grey. Pelo menos até a chegada de Patch. Seduzida por seu sorriso despretensioso e pelo olhar que parece enxergar através dela, Nora sente-se incapaz de pensar com clareza.
É quando uma sucessão de acontecimentos assustadores começa a cercá-la. Enquanto isso, Patch parece surgir em todos os lugares e mostra que sabe absolutamente tudo sobre sua vida. É impossível decidir entre atirar-se nos braços dele ou fugir do perigo que o ronda.

Na busca de respostas, Nora aproxima-se de uma verdade ainda mais avassaladora que seus sentimentos por Patch. De repente, ela está no centro da eterna batalha travada entre anjos caídos e seres imortais – e quando chegar a hora de escolher um dos lados, a decisão errada poderá custar sua própria vida.”

Esse é com certeza um dos meus livros favoritos. A capa é simplesmente maravilhosa. Foi a primeira coisa que chamou a minha atenção.
Houve muitas comparações entre Sussurro e Crepúsculo. Só para vocês saberem: não há nenhuma semelhança. Nenhuma. Zero.
Patch não é bom, não é gentil, não é amigável. No início, ele quer o mal de Nora. É melhor eu calar a boca, senão acaba a graça. =P
Houve momentos – uma cena em especial – em que eu fiquei assustada, com medo. De verdade.
A história é incrível e muito bem bolada.
E mais uma coisa: enquanto lia, percebi que a Nina Dobrev era encarnação física da Nora (nada menos que perfeita!) e imaginei (adivinhe, Mary!) o Ben Barnes como Patch. Não conseguia pensar em mais ninguém como essas as personagens.

A continuação, Crescendo, está prevista para ser lançada no primeiro semestre de 2011 aqui no Brasil. (A capa de Crescendo também é incrível!)
E esse é o título original mesmo. Significa “aumento gradual, especialmente em termos de volume ou intensidade do som em uma passagem”, mas a palavra às vezes é usada por escritores para denotar o clímax, o auge de uma história. Imaginem o que esperar com base nisso.

Música:

Things I’ll Never Say – Avril Lavigne

Do que gosto nessa música é que traduz muito bem os sentimentos de praticamente toda adolescente. Que garota aos seus 12 ou 13 anos não se sentiu assim? Eu me senti.
Com o tempo nós crescemos e amadurecemos, mas “aquele” garoto fica para sempre nas nossas lembranças. Talvez até no nosso presente. Nunca se sabe
Além disso, eu adoro a Avril Lavigne. Uma das poucas cantoras realmente boas de hoje.

Original:

La da da da La da da da…

I’m tugging at my hair
I’m pulling at my clothes
I’m trying to keep my cool
I know it shows

I’m staring at my feet
My cheeks are turning red
I’m searching for the words inside my head

I’m feeling nervous
Tryinna be so perfect
‘Cause I know you’re worth it
You’re worth this
Yeah

If I could say what I wanna say,
I’d say I wanna blow you.. away,
Be with you every night,
Am I squeezing you to tight?
If I could say what I wanna see,
I wanna see you go down,
On one knee,
Marry me today,
Guess I’m wishing my life away,
With these things I’ll never say

It don’t do me any good
It’s just a waste of time
What use is it to you
What’s on my mind?
If it ain’t coming out
We’re not going anywhere
So why can’t I just tell you that I care

‘Cause I’m feeling nervous
Tryinna be so perfect
‘Cause I know you’re worth it
You’re worth it
Yeah

If I could say what I wanna say
I’d say I wanna blow you… away
Be with you every night
Am I squeezing you to tight?
If I could say what I wanna see
I wanna see you go down
On one knee
Marry me today
Yes, I’m wishing my life away
With these things I’ll never say

“What’s wrong with my tongue”
These words keep slipping away
I stutter
I stumble
Like I’ve got nothing to say

Guess I’m feeling nervous
Tryinna be so perfect
Cause I know you’re worth it
You’re worth it
Yeah

La da da da La da da da…

Guess I’m wishing my life away
With these things I’ll never say

If I could say what I wanna say
I’d say I wanna blow you away
Be with you every night
Am I squeezing you to tight?
If I could say what I wanna see
I wanna see you go down
On one knee
Marry me today
Guess I’m wishing my life away
With these things I’ll never say

These things I’ll never say

Tradução:

La da da da La da da da..

Estou puxando meus cabelos
Estou arrancando minhas roupas
Estou tentando manter a calma
Eu sei que está aparente

Estou encarando os meus pés
Minhas bochechas estão ficando vermelhas
Estou procurando as palavras dentro de minha cabeça

Estou me sentindo nervosa
Tentando ser tão perfeita
Porque eu sei que você vale a pena
Você vale a pena.
Yeah

Se eu pudesse dizer o que eu quero dizer
Eu diria que eu quero te fazer muito feliz
Ficar com você todas as noites
Eu estou te apertando muito forte?
Se eu pudesse dizer o que quero ver
Eu quero ver você ficar
Em um joelho
“Case comigo hoje”
Acho que estou jogando minha vida fora
Com estas coisas que eu nunca direi

Isto não me faz bem algum
É apenas um desperdício de tempo
Que uso tem para você
O que há na minha mente?
Se não vier à tona
Não iremos a lugar algum
Então por que eu não consigo te dizer que eu me importo?

Porque estou me sentindo nervosa
Tentando ser tão perfeita
Porque eu sei que você vale a pena
Você vale a pena.
Yeah

Se eu pudesse dizer o que eu quero dizer
Eu diria que eu quero te fazer muito feliz
Ficar com você todas as noites
Eu estou te apertando muito forte?
Se eu pudesse dizer o que quero ver
Eu quero ver você ficar
Em um joelho
“Case comigo hoje”
Acho que estou jogando minha vida fora
Com estas coisas que eu nunca direi

“O que há de errado com a minha língua?”
Estas palavras continuam saindo
Eu gaguejo
Eu tropeço nas palavras
Como se eu não tivesse nada a dizer

Acho que estou me sentindo nervosa
Tentando ser tão perfeita
Porque eu sei que você vale a pena
Você vale a pena.
Yeah

La da da da La da da da..

Acho que estou jogando minha vida fora
Com estas coisas que eu nunca direi

Se eu pudesse dizer o que eu quero dizer
Eu diria que eu quero te fazer muito feliz
Ficar com você todas as noites
Eu estou te apertando muito forte?
Se eu pudesse dizer o que quero ver
Eu quero ver você ficar
Em um joelho
“Case comigo hoje”
Sim, estou jogando minha vida fora
Com estas coisas que eu nunca direi

Coisas que eu nunca direi

4 Respostas para “Indicação da Semana por Carol Andrade

  1. maaribell 11/12/2010 às 14:09

    Já li esse livro e só tenho uma palavra a dizer, MARAVILHOSO! A capa é realmente deslumbrante e chama muito a atenção e o melhor, o conteúdo também não fica atrás, ou seja, história e imagem se completam.

    Putz! Avril! Adorei a música Carol! Já ouviu “Alice”? Tb é incrível!

    Amo muito a Avril, não acho só que ela é ótima cantora, uma das melhores de sua geração, como admiro muito sua postura na vida, muito cedo já sabia o que queria, lutou por isso e chegou lá. E na vida pessoal tb mostrou que não perde tempo, qdo se apaixounou pra valer, apesar da pouca idade, casou com seu amor e parece muito feliz. Garota de coragem, isso aí!

    Bjks,

    Maribell

  2. Carol Andrade 11/12/2010 às 14:40

    Eu amo esse livro! Acho que já deixei a minha opinião bem clara, né? Rs.

    Já, já ouvi. Também é muito boa!

    Concordo totalmente com você, Mari. Ela é uma mulher muito forte e corajosa. Eu a admiro muito.
    Também achei muito legal ela ir atrás do queria, mesmo sendo tão jovem para algo tão sério quanto um casamento.

    Infelizmente ela se separou, mas disse que continua amiga do ex-marido. Às vezes não dá certo, não é? Mas eu espero que ela seja muito feliz. Ela merece.

    Beijos.😉

  3. Mary Leite 12/12/2010 às 20:44

    Amei a indicação, Carol!

    Bom, já li Sussurros, mas juro que nem pensei no Ben para Patch. Sei lá, acho que porque o Patch é mais sombrio, sei lá!

    Você esqueceu de mencionar uma coisa: é tanto mistério, que às vezes a gente se perde, além de um final impressionante! hehe

    Beijo!

    • Carol Andrade 12/12/2010 às 21:19

      Nossa! Eu podia jurar que você também tinha pensado no Ben. Estou bem surpresa.
      Mas a Nina Dobrev para mim é simplesmente perfeita. Parece que a autora se inspirou nela para criar a aparência da Nora.

      É verdade, realmente me esqueci de mencionar isso. Eu fiquei mesmo meio perdida. Erro meu.

      O final foi incrível, né?

      Beijos.😉

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: