Sonhos de Maribell

Um lugar onde a imaginação é o limite.

Indicação da Semana por Maribell e Carol

Livro:

A Carícia do Vento – Janet Dailey

Tenho feito uma verdadeira viagem ao passado ao lembrar bons livros para indicar aqui pra vocês e o dessa semana é um romance para ninguém botar defeito, a autora usou e abusou de todos os clichês românticos possíveis e imagináveis. Você acha que o livro ficou chato? Engano o seu! Se tem uma coisa que acredito é o seguinte, uma história pode até ter clichês, mas que seja bem escrito e esse aqui é maravilhoso!
Sheila é uma heroína riquinha, bonita e mimada, que resolve só por teimosia, ir contra os conselhos da família e se casar com Brad, seu namorado bonitão e perfeito, mesmo quando todos desconfiam que ele não passa de um aproveitador.
Eles se casam e logo na noite de núpcias ele revela ser tudo o que a família dela avisou, chega a dar raiva ao ler a forma como ele a trata, sujeitando-a de forma cruel, não respeitando seu receio de virgem e magoando-a profundamente. Claro que em seguida Brad começa a gastar a fortuna dela, resolvendo passar a lua de mel no México.
E lá as coisas esquentam, quando ao se depararem com uns bandoleiros na estrada, Brad é assassinado a queima roupa e Sheila é seqüestrada. Vocês acham que as coisas ficaram feias? Que nada! Agora que a coisa fica boa, quando Sheila conhece o chefe dos bandoleiros chamado Ráfaga (esse nome em espanhol significa uma rajada de vento, daí o título do livro) e depois de um período se estranhando numa típica relação amor e ódio, porque ela vai morar na casa dele, Sheila se rende a atração poderosa que surge entre eles e aí as cenas são muito lindas, cheias de paixão proibida e declarações suspirantes. Garanto que vale a pena ler, vocês não vão se decepcionar!

Confiram um trechinho:
“Sem pensar em nada, sem ter consciência do tempo ou do local, Sheila deixou que a levasse aos horizontes desconhecidos do desejo. Parou de pensar em Ráfaga como seu captor implacável. Jamais sonhara poder entregar-se com tal abandono, nem querer receber com tanta ansiedade egoísta tudo que lhe era dado.
Quando as chamas finalmente se extinguiram, Sheila levou diversos minutos até abrir caminho por entre a escuridão. Abrindo os olhos tontos de paixão, viu Ráfaga observando-a preguiçosamente. Mentalmente, admitiu que ele era dono do seu corpo e alma, e se deu conta, com fatalismo, de que ninguém mais teria tanto poder sobre sua carne e espírito.”

Sinopse oficial:

“De uma rica e glamorosa cidade do Texas ás mais altas e imponentes sierras mexicanas, esta é uma história sobre desejo e destino com a marca de Janet Dailey.” The New York Times
Livro que marcou a estreia de Janet Dailey na lista dos mais vendidos do The New York times, A Carícia do vento consagrou a autora como uma das maiores romancistas do gênero. A protagonista é a jovem milionária Sheila Rogers, bela, impulsiva e mimada que viva em Austin, no Texas. Sheila contraria as expectativas de seus pais e foge para Juarez, no México, com Brad Townsend, um homem bonito e envolvente, mas que nada mais era senão um caça-dotes. A lua de mel do casal converte-se num verdadeiro inferno quando seu marido é brutalmente assassinado e ela é seqüestrada e levada por um bando de pistoleiros para um esconderijo nas montanhas. É ali que Sheila conhece Ráfaga, homem corajoso e idealista, e logo o ódio se transforma numa paixão arrebatadora.

Música:

Imbranato – Tiziano Ferro

Eu simplesmente amo italiano. Amo, amo, amo.
Isso já seria motivo sufiente para me fazer gostar da música, mas as qualidades dessa canção maravilhosa não param por aqui:

Sou uma grande fã de músicas românticas, e adoro o fato de a “história” da letra não ser sobre amor à primeira vista, porém sobre uma relação que começou como algo puramente carnal, sem sentimentos profundos.

Eu adoro a voz dele; ela possui emoção e você sente como se o cantor estivesse experienciando o que está cantando.

A melodia é linda; simplesmente adoro as notas contínuas.

Resumindo, essa é provavelmente a minha música favorita em uma língua que não seja inglês.

E faço minhas as palavras da Mary: “A maior decepção da minha vida foi descobrir depois que ele era gay.” Que desperdício, não é? *suspira*

Original:

E’iniziato tutto per un tuo capriccio
Io non mi fidavo..era solo sesso
Ma il sesso è un’attitudine
Come l’arte in genere
E forse l’ho capito e sono qui
Scusa sai se provo a insistere
Divento insopportabile
Ma ti amo…ti amo…ti amo
Ci risiamo..vabè, è antico, ma ti amo

E scusa se ti amo e se ci conosciamo
Da due mesi o poco più
E scusa se non parlo piano
Ma se non urlo muoio
Non so se sai che ti amo..
E scusami se rido, dall’imbarazzo cedo
Ti guardo fisso e tremo
All’idea di averti accanto
E sentirmi tuo soltanto
E sono qui che parlo emozionato
…e sono un imbranato!

Ciao..come stai? Domanda inutile!
Ma a me l’amore mi rende prevedibile
Parlo poco, lo so..è strano, guido piano
Sarà il vento, sarà il tempo, sarà…fuoco!

E scusa se ti amo e se ci conosciamo
Da due mesi o poco più
E scusa se non parlo piano
Ma se non urlo muoio
Non so se sai che ti amo..
E scusami se rido, dall’imbarazzo cedo
Ti guardo fisso e tremo
All’idea di averti accanto
E sentirmi tuo soltanto
E sono qui che parlo emozionato
…e sono un imbranato!
Tradução:

Atrapalhado

Tudo começou por um capricho teu
Eu não confiava.. era só sexo
Mas o sexo é uma atitude
Geralmente como a arte
E talvez eu tenha entendido e aqui estou
Desculpa se tento insistir
Eu fico insuportável
Mas te amo… te amo… te amo
Nos sorrimos… tudo bem, é antiquado, mas te amo…

E desculpa se te amo e se nos conhecemos
Há dois meses ou pouco mais
Desculpa se não falo baixo
Mas se não grito morro
Não sei se sabes que te amo…
E desculpe se rio, me entrego ao embaraço.
Olho pra ti fixamente e tremo.
À ideia de te ter do meu lado.
E me sentir somente teu.
E estou aqui e falo emocionado.
E sou um atrapalhado! E sou um atrapalhado!

Oi.. como vai? Pergunta inútil!
Mas o amor me torna previsível.
Falo pouco, fico estranho, desatento
Será o vento, será o tempo, será……fogo!

E desculpa se te amo e se nos conhecemos
Há dois meses ou pouco mais
Desculpa se não falo baixo
Mas se não grito morro
Não sei se sabes que te amo…
E desculpe se rio, me entrego ao embaraço.
Olho pra ti fixamente e tremo.
À ideia de te ter do meu lado.
E me sentir somente teu.
E estou aqui e falo emocionado.
E sou um atrapalhado! E sou um atrapalhado!

Obs: Se alguém aqui falar italiano e achar que a letra está errada ou que tradução não ficou boa, desculpem-me. Normalmente eu mesma traduzo as letras das músicas que indico e corrijo se encontro algum erro, porém não falo italiano. =P

2 Respostas para “Indicação da Semana por Maribell e Carol

  1. Sully 19/03/2011 às 00:02

    Eu AMO esse livro!!
    Li em e-book e gostei TANTO que comprei pra mim, um dos prediletos da minha estante!E o que tenho é com essa capa mesmo.
    Esse casal é bemm singular.Onde vc acha que não vai surgir o amor, acaba te deixando surpresa.Um casal maravilhoso…Ráfaga no início é odioso, tinha muuita raiva dele e a Sheila toda mimada e tal.+ com o correr da história vc se pega gostando dos 2, tendo pena, torcendo pra tudo dar certo.A parte final é linda!
    Enfim, espero que todos possam ler o livro.Super recomendado
    Amei a indicaçao Maris
    bjs e bom findi

    Ps: Essa semana UEN2 nao vai rolar?
    Ps2: Janet Dayley tem outros livros maravilhosos…eu gosto MUITO da série Os Calder…ainda esperando a traduçao dos outros..li até o livro 3

  2. Mary Leite 19/03/2011 às 12:54

    Nossa! Eu preciso desse livro, MARIBELL.

    Gostei muito das duas indicações. Eu amo o Tiziano e essa música é uma das mais bonitas dele. E, como vou bem disse, maior decepção da minha vida. rs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: