Sonhos de Maribell

Um lugar onde a imaginação é o limite.

Indicação da Semana por Maribell e Carol

Livro:

O Pequeno Príncipe – Antoine de Saint-Exupéry

Eu estava lendo a revista Veja essa semana e como sempre fui olhar a lista dos livros mais vendidos, para minha grata surpresa, O Pequeno Príncipe está em primeiro lugar na lista dos livros de ficção.

Fiz uma verdadeira viagem no tempo, ao lembrar quando aos 10 anos, ganhei da minha mãe o livro que era dela. Adorei o presente, mas estranhei um pouco quando percebi que o livro não tinha capa. Ela riu e me explicou que fui eu que arranquei quando era bebê (ainda bem que meu relacionamento com livros, mudou, rsrs…).

Se alguém me pedisse para fazer uma lista de livros que você TEM obrigação de ler nessa vida, com certeza esse faz parte. Em minha opinião é inadmissível, não lê-lo. Em sua simplicidade, se torna único, ao trazer uma mensagem profunda e de tão fácil compreensão. Suas frases famosas como “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”, “O essencial é invisível aos olhos” ou “Amar não é um olhar para o outro, mas ambos na mesma direção” já são clássicos da humanidade.

Esse é um livro que leio pelo menos uma vez ao ano e sempre com a magia e emoção da primeira vez. Ele simboliza a criança que sempre habitará dentro de nós.

Sinopse:

O Pequeno Príncipe é um romance do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, publicado em 1943 nos Estados Unidos. A princípio, aparentando ser um livro para crianças, tem um grande teor poético e filosófico. É o livro francês mais vendido no mundo, cerca de 80 milhões de exemplares, e entre 400 a 500 edições. Também se trata da terceira obra literária (sendo a primeira a Bíblia e a segunda o livro O Peregrino) mais traduzida no mundo, tendo sido publicado em 160 línguas ou dialetos.
O Pequeno Príncipe foi escrito e ilustrado por Antoine de Saint-Exupéry um ano antes de sua morte, em 1944. Piloto de avião durante a Segunda Grande Guerra, o autor se fez o narrador da história, que começa com uma aventura vivida no deserto depois de uma pane no meio do Saara. Certa manhã, é acordado pelo Pequeno Príncipe, que lhe pede: “Desenha-me um carneiro”? É aí que começa o relato das fantasias de uma criança como as outras, que questiona as coisas mais simples da vida com pureza e ingenuidade. O principezinho havia deixado seu pequeno planeta, onde vivia apenas com uma rosa vaidosa e orgulhosa. Em suas andanças pela Galáxia, conheceu uma série de personagens inusitados.

Música:

Push – Avril Lavigne

Como já disse em outra indicação, amo a Avril Lavigne. Admiro muito seu jeito original de ser e comportar-se.
Com essa música ela conseguiu traduzir muito bem o que penso do amor. Acho que o amor é algo lindo e raro, mas que cada pessoa é um ser individual e que precisa, portanto, de seu próprio espaço.
Um relacionamento muito intenso, apesar de maravilhoso, é desgastante quando o casal convive muito; e aí o sentimento pode acabar indo embora.
Além disso, adorei a parceria que ela fez com seu guitarrista (é um homem, gente. Sei que a voz parece afeminada, mas procurem a versão ao vivo e vocês vão ver que não é assim).

Original:

Been seein’ too much of you lately
And you’re starting to get on my nerves.
This is exactly what happened last time
And it’s not what we deserve

It’s a, a waste of my time lately.
And I’m running out of words.
If it’s really meant to be
Then you can find a way to see

Maybe you should just shut up
Even when it gets tough
Baby, ‘cause this is love.
And you know when push comes to shove
It’s gonna take the both of us
Baby, this is love
Baby, this is love

Love
Love
Love

It’s really great to be with you
This is how I spend my life
But I’m capable of taking care of myself
So if you fuck this up then go take a hike
It’s a waste of my time
Shakin’ it up,
Goin’ out to search if it’s really meant to be
Then you could find a way to see

Maybe you should just shut up
Even when it gets tough
Baby, ‘cause this is love.
And you know when push comes to shove
It’s gonna take the both of us
Baby, this is love
Baby, this is love

[Sung by Evan Taubenfeld]
You and me
We can both start over
Just the two of us
We can get a little closer

[Sung by Evan Taubenfeld and Avril Lavigne]
So follow me
Honestly
And you will see – Yeah

Maybe you should just shut up
Even when it gets tough
Baby, ‘cause this is love.
And you know when push comes to shove
It’s gonna take the both of us
Baby, this is love
Baby, this is love

Maybe you should just shut up
Even when it gets tough
Baby, ‘cause this is love.
And you know when push comes to shove
It’s gonna take the both of us
Baby, this is love
Baby, this is love

Love
Love
Love

Tradução:

Tenho visto muito você ultimamente
E você está começando a me dar nos nervos
Isso é exatamente o que aconteceu da última vez
E não é que merecemos

É um, um desperdício do meu tempo ultimamente
E eu estou ficando sem palavras
Se é realmente para ser
Então você poderia achar uma maneira de ver

Talvez você deveria apenas calar a boca
Mesmo quando fica difícil
Baby, porque isso é amor
E você sabe que quando a coisa ficar feia
Acabará com nós dois
Baby, isso é o amor
Baby, isso é o amor

Amor
Amor
Amor

É realmente bom estar com você
É assim que eu passo a vida
Mas eu sou capaz de tomar conta de mim mesma
Então se você for foder isso e depois dar uma volta
É um desperdício do meu tempo
Sacudindo
Saindo para conferir se é realmente para ser
Então você poderia achar uma maneira de ver

Talvez você deveria apenas calar a boca
Mesmo quando fica difícil
Baby, porque isso é amor
E você sabe que quando a coisa ficar feia
Acabará com nós dois
Baby, isso é o amor
Baby, isso é o amor

[Cantado por Evan Taubenfeld]
Você e eu
Nós dois podemos começar de novo
Apenas nós dois
Podemos ficar um pouco mais perto
[Cantado por Evan Taubenfeld e Avril Lavigne]
Então me siga
Honestamente
E você verá

Talvez você deveria apenas calar a boca
Mesmo quando fica difícil
Baby, porque isso é amor
E você sabe que quando a coisa ficar feia
Acabará com nós dois
Baby, isso é o amor
Baby, isso é o amor

Talvez você deveria apenas calar a boca
Mesmo quando fica difícil
Baby, porque isso é amor
E você sabe que quando a coisa ficar feia
Acabará com nós dois
Baby, isso é o amor
Baby, isso é o amor

Amor
Amor
Amor

PS: Fica tranquila, Carol! Eu tinha pulado a postagem uma semana, então eu tinha uma indicação sua guardada. Curta sua viagem numa boa! Salvador? Josy mora aí! Já pensou se vocês se encontrassem? Ia ser muito legal!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: