Sonhos de Maribell

Um lugar onde a imaginação é o limite.

Indicação da Semana por Maribell e Carol

A Sombra do Vento – Carlos Ruiz Zafón

Recebi a indicação desse livro, por um antigo colega de trabalho, ele me falou tão empolgado que acabou se oferecendo para me emprestar, o que acabei aceitando. E ainda bem que aceitei, pois a história é realmente muito bem construída, além de supreendente. O autor espanhol demonstra toda sua linda sensibilidade literária, ao compor este drama intenso.

Dificil não se emocionar com as histórias paralelas que acabam se desenvolvendo no decorrer da trama, primeiro seremos apresentados ao menino Daniel que órfão de mãe, vive com seu pai e mesmo tendo a atenção paterna, está muito triste. Cabe então a esse sensível pai, compartilhar com seu filho um meio de ajuda-lo a superar sua dor, e ele faz isso ao apresentar a seu filho sua paixão pelos livros.

Numa madrugada, de forma misteriosa e quase sobrenatural, seu pai o vela até uma espécie de biblioteca secreta localizada no coração de Barcelona e lá, entre inúmeras pratileiras, ele encontra um livro que mudará para sempre sua vida: “A Sombra do Vento” de Julián Carax.

A partir desse momento sua vida nunca mais será a mesma, assim como passaremos a conhecer a vida do misterioso e sombrio autor do livro em momentos flash-back.

É aí que tudo se torna ainda melhor, porque percorreremos a vida de Julián desde a infância até a vida adulta. Preciso dizer, preparem-se para passar por uma verdadeira montanha-russa emocional, porque nada foi fácil na vida desse personagem, a tragédia e a alegria caminham de mãos dadas o tempo todo, ele conhecerá a pobreza e ariqueza, a força de um amor profundo e verdadeiro, assim como o horror e a tragédia. Ao final quando finalmente o grande segredo que percorre toda a história é revelado, me deixou assombrada, simplesmente supreendente, daqueles finais que nos faz ficar parados por um bom tempo, refletindo como a vida as vezes nos leva por caminhos inexplicados.

Vão por mim, imperdivel!

Sinopse:
A história começa em Barcelona, em 1945. Daniel Sempere está completando 11 anos. Seu pai, ao ver Daniel triste por não conseguir mais se lembrar do rosto da mãe (já morta), lhe dá um presente: de madrugada, leva-o a um misterioso lugar no coração histórico da cidade, o Cemitério dos Livros Esquecidos. O lugar, conhecido por poucos na cidade, é uma biblioteca secreta e labiríntica que funciona como depósito para obras abandonadas pelo mundo, à espera de que alguém as descubra. É lá que Daniel encontra um exemplar de A Sombra do Vento, do também barcelonês Julián Carax.
Daniel fascina-se sobre o livro e, ao buscar mais informações sobre o autor, descobre que quase ninguém o conhece e que tem alguém queimando todos os exemplares de seus livros. Aí começa uma grande aventura que percorre as ruas da ilustre cidade de Barcelona, atravessando as fronteiras do tempo e da imaginação.

Encontrei essa música por acaso, enquanto dava uma de masoquista e procurava vídeos do Fred Weasley no Youtube.
Quando ouvi essa música, fiquei com lágrimas nos olhos. Primeiro porque a canção é linda; segundo porque tenho a mania de criar song fics na minha cabeça quando acho uma música de que gosto muito.
A história que criei para essa música é a seguinte: a namorada do Fred (não necessariamente a Angelina) estava na batalha de Hogwarts e deveria ter sido a pessoa que lutou ao lado do Percy e do Harry quando a fatídica explosão aconteceu.
Nessa minha história, ela deveria ter morrido no lugar do Fred, mas ele teve uma sensação ruim em relação àquela parte do castelo e pediu à namorada para trocar de lugar com ele. A menina não deu muita atenção, porque não acreditava nesse tipo de coisa, e trocou de lugar para deixá-lo mais tranquilo. Quando ela descobre que o namorado morreu no lugar dela, fica cheia de culpa e remorso.
Agora a parte boba da história (nessas minhas histórias sempre há a parte cantante =P): após a batalha, ela está no Salão Principal e canta essa música para todos os sobreviventes enquanto um pequeno filme (feito de suas próprias memórias) passa atrás dela, mostrando como ela conheceu o Fred e como ela se arrepende por não ter demonstrado todo dia o quanto ele era especial para ela.

Eu sei que é algo bobo, mas é automático. Minha cabeça começa a criar essas histórias automaticamente. =P

Mas, enfim, a música é tocante e eu fiquei realmente comovida quando a ouvi (não apenas por minha história muito melodramática). Além da letra linda e da melodia mágica, a voz da cantora principal não deixa nada a desejar.

Obs: Escolhi colocar o vídeo do tributo ao Fred ao invés do clipe original porque foi esse vídeo que eu vi quando encontrei a canção e porque achei que o vídeo ficou muito bem feito. Ainda estou com raiva da J.K Rowling pelo Fred ter morrido. Tipo, não faria diferença para o desenvolvimento da história; não era como a morte do Dumbledore, que era necessária. Então por que p*rra ela o matou? Grrrr…

Original:

Everybody’s got something
They had to leave behind
One regret from yesterday
That just seems to grow with time

There’s no use looking
Back or wondering
How it could be now
Or might have been

All this I know, but still
I can’t find ways to let you go

I never had a dream come true
Till that day that I found you
Even though I pretend
That I’ve moved on
You’ll always be my baby

I never found the words to say
You’re the one I think about each day
And I know no matter
Where love takes me to
A part of me will always be with you

Somewhere in my memory
I lost all sense of time
And tomorrow can never be
‘Cause yesterday is all
That fills my mind

There’s no use looking
Back or wondering
How it should be now
Or might have been

All this I know, but still
I can’t find ways to let you go

I never had a dream come true
Till that day that I found you
Even though I pretend
That I’ve moved on
You’ll always be my baby

I never found the words to say
You’re the one I think about each day
And I know no matter
Where love takes me to
A part of me will always be

You’ll always be the dream
That fills my head

Yes, you will
Say you will
You know you will, baby

You’ll always be the one
I know I’ll never forget

There’s no use looking
Back or wondering
Because love is a
Strange and funny thing

No matter how I try and try
I just can’t say goodbye

No, no, no, no

I never had a dream come true
Till that day that I found you
Even though I pretend
That I’ve moved on
You’ll always be my baby

I never found the words to say
You’re the one I think about each day
And I know no matter
Where love takes me to
A part of me will always be

A part of me will always be with you

Tradução:

Todos têm alguma coisa
Que tiveram que deixar para trás
Um arrependimento de ontem
Que só parece crescer com o tempo

Não adianta olhar para
Trás ou imaginar
Como poderia ser agora
Ou poderia ter sido

Tudo isso eu sei, mas ainda assim
Eu não consigo encontrar maneiras para deixar você ir

Eu nunca tive um sonho realizado
Até o dia em que eu encontrei você
Mesmo que eu finja
Que eu segui em frente
Você sempre será meu amor

Eu nunca encontrei as palavras para dizer
Você é aquele em que eu penso todo dia
E eu sei que não importa
Aonde a vida me leve
Uma parte de mim sempre vai estar com você

Em algum lugar na minha memória
Eu perdi todo o senso de tempo
E amanhã pode nunca existir
Porque o ontem é tudo
Que preenche minha mente

Não adianta olhar para
Trás ou imaginar
Como deveria ser agora
Ou poderia ter sido

Tudo isso eu sei, mas ainda assim
Eu não consigo encontrar maneiras para deixar você ir

Eu nunca tive um sonho realizado
Até o dia em que eu encontrei você
Mesmo que eu finja
Que eu segui em frente
Você sempre será meu amor

Eu nunca encontrei as palavras para dizer
Você é aquele em que eu penso todo dia
E eu sei que não importa
Aonde a vida me leve
Uma parte de mim sempre vai estar

Você sempre será o sonho
Que preenche minha mente

Sim, você será
Diga que você será
Você sabe que você será, amor

Você sempre será aquele
Que eu sei que nunca irei esquecer

Não adianta olhar para
Trás ou imaginar
Porque o amor é uma
Coisa estranha e engraçada

Não importa o quanto eu tente e tente
Eu simplesmente não consigo dizer adeus

Não, não, não, não

Eu nunca tive um sonho realizado
Até o dia em que eu encontrei você
Mesmo que eu finja
Que eu segui em frente
Você sempre será meu amor

Eu nunca encontrei as palavras para dizer
Você é aquele em que eu penso todo dia
E eu sei que não importa
Aonde a vida me leve
Uma parte de mim sempre vai estar

Uma parte de mim sempre vai estar com você

6 Respostas para “Indicação da Semana por Maribell e Carol

  1. Josy Luz 29/07/2011 às 21:38

    Nossa chorei com esse vídeo!
    Maravilhoso, musica linda!
    Saudade dessa Saga!
    O livro eu já li. Ganhei de Aniversário, é maravilhoso. Na base do simplesmente perfeito.
    Uma leitura gostosa e intrigante.

  2. Mariana 29/07/2011 às 23:33

    Carol,
    Escreva a song fic! Vai ficar linda, tenho certeza! Depois de ler a letra e a sua breve sinopse da história coloquei a música e fiquei imaginando toda a cena e todos os pensamentos que não passariam pela cabeça da Garota do Fred… Simplesmente apaixonante!
    Mais um coisa: Concordo com você, o Fred não tinha nada que ter morrido, ele ainda era muito jovem e tinha muitos para alegrar.

    Mari,
    Duas pessoas já me falaram muito bem de A Sombra do Vento, e eu já cheguei a ler um capítulo – parece realmente bom e o livro já está na minha mira, aliás, só não estou lendo-o agora porque o devolvi ao lembrar que ele já está na biblioteca da minha escola, então, para quê? Além disso, agora estou lendo um livro lindo, chama “branca como leite, vermelha como sangue” do Alessandro D’avenia, e só posso dizer uma coisa: Vale a pena ser lido e relido umas mil vezes.
    Enfim, A Sombra do Vento já me encantou e já que agora tem três indicações, acho que sem muita demora, ele vai me conquistar.

    Beijos,
    Garparzinha (Mari n°2).

  3. Larissa Souza 31/07/2011 às 15:54

    Adorei a indicação de livro , já tinha ouvido falar , mas não li ainda , gostei da sipnose , a história é bem interessante. E amo livros que nos deixam com um turbilhão de sentimentos , e quando ao final nos faz parar para refletir , são simplesmente incríveis!
    Já ouvi essa música , e sim , é muuito lindo , tanto a melodia quanot a letras ! E esse vídeo ein ? Choreei Dx Amoo o Fred , e também tenho raiva da J. K. por ter matado ele –‘ , mas enfim , ótima song fic você criou ! Confesso que também faço isso ao escutar uma música assim😀 é tão legal !
    beeeijo meninas !

  4. key 01/08/2011 às 11:56

    Oi meninas!

    Adorei as indicações!
    Esse livro A Sombra do Vento, me foi mto recomedado, todos que eu conheço que já leram são unanimes em afirmar que é uma leitura DELICIOSA e SURPREENDENTE. Mas faltava ouvir a opinião de vcs né? Agora que a tenho não vou mais perder tempo, vou correndo comprar o livro e desfrutar ao máximo dele *.*

    A música é tocante e adorei esse presente! Tbm compartilho com vc essa magoa contra J.K por ter matado Fred! Totalmente desnecessária a morte dele, serviu só pra nos deixar pra baixo, o que será que se passou na cabeça dela qdo fez isso? Que estaria nos ensinando a lidar com perdas!? Como se já não tivessemos tido o bastante dessas lições com as mortes de Cirius e cia Ltda –‘.
    Mas o que está feito, está feito.
    Parabéns pelo post!

    Bjs,
    K.

  5. maaribell 01/08/2011 às 15:00

    Ai, que coisa linda essa homenagem musical! Terminei de ver cheia de saudade e com um bolo na garganta… Como é que certos personagens se tornam tão queridos, que sua perda parece ter sido de vdd? Pura magia!
    Obrigada por compartilhar esse lindo achado, Carol!
    Bjks,
    Maribell

  6. Carol Andrade 01/08/2011 às 17:31

    Senti a necessidade de escrever um pouquinho aqui.

    Gente, obrigada pelos comentários. Achei mesmo que todos iam achar completamente bobo eu criar song fics, visto que elas não saem da minha mente. =P

    Eu às vezes considero a ideia de escrevê-las, mas fica difícil achar tempo. Além disso, eu me comprometi em ajudar a minha irmã a escrever a fic dela (e, modéstia à parte, ela fica bem perdida sem a minha pessoa). Mas prometo que, assim que achar uma brecha, vou me dedicar e escrever essa e outras song fics que tenho guardadas na cabeça.

    Obrigada de novo, gente.😀

    Beijos.😉

    P.S.: Mari, eu não esqueci a minha promessa de mandar a fic da minha irmã para você. Nós íamos continar escrevendo-a nas férias, mas, como já disse, nós não estávamos em casa e, como somos muuito espertas, esquecemo-nos de mandá-la para os nossos e-mails. ¬¬
    Assim que estiver tudo pronto, eu mando para você.

    P.S.: Escrever um pouquinho, né, Ana Carolina? =P

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: